6 de nov de 2011

Adaptações do Claudio Seto e Exposição no Matsuri

Nos dias 05 e 06/11,  no Seto Matsuri, que aconteceu no Museu Oscar Niemeyer, foram expostas páginas de quadrinhos feitas pelos meus alunos de mangá na Biblioteca Hideo Handa na Praça do Japão.
O temas das obras foram adaptações de obras literárias do Claudio Seto para quadrinhos no estilo mangá:





Esta é a minha versão do Momotaro personagem folclórico japonês utilizado no conto do Seto, e  nos mangás dos meus alunos:


E aqui a versão tridimensional que eu fiz do Momotaro:


Aqui abaixo os alunos produzindo na biblioteca da Praça do Japão:


Pra quem não conhece o Claudio Seto (1944-2008) é um descendente de samurais, que foi um grande nome da cena cultural curitibana em diversas áreas como: poesia, ilustração, pintura, fotografia, literatura, bonsaismo e principalmente introduziu o estilo mangá nos quadrinhos brasileiros em 1963.
Ele trabalhou em editoras de Quadrinhos como a Edrel e a Grafipar, maior editora de quadrinhos que já teve em Curitiba. Ele tambem produziu charges e tiras para os jornais Tribuna do Paraná e O Estado do Paraná e Correio de Notícias, também era um dos organizadores do Haru Matsuri (evento dos imigrantes japoneses) em Curitiba.
Estamos adaptando contos dos livros do Seto:  '"Lendas trazidas pelos imigrantes do Japão" e "Contos Sobrenaturais do Japão".

Nenhum comentário: