16 de jul de 2011

GIBICON nº 0










Curitiba está neste fim de semana  (15,16 e 17 de julho) sediando o Gibicon (Convenção Internacional de Quadrinhos de Curitiba), um evento inédito no sul do país. Eu vou contar como foi essa histórica realização que promete tornar-se regular na nossa cidade como o festival de teatro e a oficina de Música .

O evento começou na Gibiteca de Curitiba com minha oficina  de mangá, onde depois das devidas entrevistas para  imprensa local, ministrei as técnicas para acriação dos desenhos neste estilo oriental.





























Ainda de manhã aconteceu a oficina  com o Ibraim Roberson (que fez: X-Men sombrios, Steve Rogers: super soldier e Novos Mutantes para Marvel e Liga da Justiça, Frankenstein: Flashpoint e Mulher-Gato para DC) no Paço da Liberdade:













O almoço aconteceu no Jokers e reuniu desenhistas que participam do evento como Fabio Civiteli e Lucio Filippucci (TEX) e os Gêmeos: Fabio Moon e Gabriel Sá (O Alienista, 10 pãezinhos e Daytripper para ed.Vertigo)












À tarde Tommaso Dálesssandro responsável por uma agência que representa diversos autores italianos ao lado do Fabrizzio Andriani um dos organizadores do evento que o traduzia, avaliou os portfólios dos desenhistas que participam do evento e outros locais no Memorial de Curitiba.

















Abaixo: eu, com Maristela Garcia (coordenadora da Gibiteca) e Joe Bennet (Que já trabalhou para a Marvel com: Homem Aranha, Hulk, entre outros, Image e atualmente desenha a Liga da Justiça, para a DC Comics.)











Às 14 horas iniciou na Gibiteca de Curitiba a oficina da Erika Awano, uma das principais desenhistas mangás do Brasil ( que desenhou Holy Avanger, Alice no país das Maravilhas e vários livros de RPG)





























Também á tarde aconteceu a oficina com Ricardo Manhães (desenhista e ilustrador, e trabalha há mais de 10 anos no mercado europeu de quadrinhos) no Paço da Liberdade.









Às 16 Hs aconteceu a palestra com os irmãos Gabriel Bá e Fábio Moon no Memorial de Curitiba:









E as 19:30 Hs, bate papo com Hervé Bourhis que lança seu: "Pequeno Livro do Rock" na FNAC:













Às 20:00hs aconteceu no Memorial de Curitiba à abertura das exposições: "Tex Brasileiro" e "Quadrinhos Curitibanos" que eu faço parte:










tex_60anos_fulvio_memoOs agradecimentos com José Aguiar, autor do recém-lançado: Vigor Mortis e responsável pelo evento:


















Abaixo meu desenho feito para o Tex e os desenhistas italianos do personagem:











E aqui Maristela e Nereide da Gibiteca de Curitiba:









E finalizando o 1º dia da Gibicon, a festa oficial no Jokers Pub, que contou com o Joe Bennet desenhando para galera:
























O Sábado (16/07) iniciou com a oficina do Joe Bennett  na Gibiteca de Curitiba:










E também as 10hs ao mesmo tempo que ocorria a oficina do Bennett, André Caliman ministrou sua oficina de produção de HQ no Paço da Liberdade onde aconteceram a maior parte das atrações do sábado:












Também neste horário ocorreu uma oficina de pintura digital no laboratório de Informática Paço da Liberdade:










Enquanto isso em outra sala do Paço o crítico de cinema Marden Machado fala das história das adaptações dos quadrinhos para a tela grande na palestra cinema e quadrinhos:










Além de tudo isso as 10:00hs Artistas de diferentes nacionalidades debateram a realidade de trabalho em seus países no Memorial de Curitiba:










As 11:30 iniciou a palestra do  roteirista Leonardo Melo que publicou as revistas Quadrinhópole (dentre elas o meu: “Lobo da Estrada”),  falou das novas mídias digitais e o futuro das HQs nesses suportes:









A tarde de sábado iniciou no Paço da Liberdade, com a palestra de Sidney Gusman, gerente de projetos do estúdio Maurício de Souza Produções e editor da série de 3 livros MSP50, onde em cada livro quadrinistas de todo Brasil representaram os personagens da turma de Souza ao seu modo. Ele também falou da carreira do Maurício de Souza, o maior autor de quadrinhos infanto-juvenis brasileiro e curiosidades como o fato dele faturar 86% do mercado de quadrinhos brasileiro e do seu mais novo sucesso a "Monica Jovem" superar em venda nas bancas a revista Veja.












Na mesma sala onde Sidney falou do Maurício de Souza, aconteceu as 13:30Hs, a palestra: "o Poder do Mangá" da pesquisadora Sonia Luyten que falou sobre história, linguagem e curiosidades dos quadrinhos japoneses.









Uma pausa para um proficiente papo no café do Paço da Liberdade com André Diniz e Liber Paz:











E ainda no Paço às 16:30hs iniciou a oficina de Roteiro para Hq do André Diniz, onde ele mostrou seu processo criativo e deu várias dicas:

















Finalizando a maratona de atrações no Paço da Liberdade, tivemos a palestra do Lourenço Mutarelli, onde o quadrinista, escritor, dramaturgo e ator Lourenço Mutarelli contou sobre sua trajetória artística.









Às 18:30 na Gibiteca de Curitiba conferi o debate "A importância das Gibitecas" com Afonso Andrade (coordenador da FIQ), Maristela Garcia (Coordenadora da Gibiteca de Curitiba), Sonia Luyten (Pesquisadora de Mangá) e Paulo Ramos (Blog dos Quadrinhos) ainda com a presença do Key Imaguire (fundador da Gibiteca) e do cartunista Solda.










Abaixo Sonia Luyten e o Solda:










O 2º dia da Gibicon, finalizou com a abertura das exposições do Museu da Fotografia do Solar do Barão: "Made from USA" uma Coletiva de trabalhos dos artistas brasileiros (Gabriel Bá, Fábio Moon, Joe Bennett, Ed Barrows, Carlos Magno...) de histórias em quadrinhos publicados nos EUA. "Seto, Samurai de Curitiba"  exposição inédita que homenageia Claudio Seto, precursor do mangá no Brasil e uma exposição com o acervo da Gibiteca.



































No domingo dia 17, último dia da convenção tivemos dois debates no Memorial de Curitiba: "Panorama do Quadrinho Europeu" com: Tommaso DÁlessandro e Lucca Rafaelli mediado pelo Fabrizzio Andriani e o "Mercado Brasileiro de Quadrinhos" com Sergio Chaves, Sidney Gusman, Andre Conti e Claudio Martini mediado pelo Lielson Zeni:











E para fechar ainda no Memorial uma Jam Session de autógrafos com alguns dos artistas que participaram do evento:









Nenhum comentário: